PCPR e PCSC prendem cinco pessoas por posse irregular de arma de fogo durante operação

A Polícia Civil do Paraná (PCPR), em conjunto com a Polícia Civil de Santa Catarina (PCSC), prendeu cinco pessoas por posse irregular de arma de fogo, durante operação deflagrada nesta quarta-feira (12), nos Estados do Paraná e Santa Catarina. Dois homens foram presos preventivamente, e duas mulheres e um homem foram autuados em flagrante pela prática criminosa.  

A ação aconteceu simultaneamente em Londrina, Sarandi e Alvorada do Sul, no Paraná, e nos municípios de Rio do Sul e Ituporanga, em Santa Catarina. As diligências também contaram com apoio do Serviço de Fiscalização de Produtos Controlados, do Exército Brasileiro.  

Foram cumpridos 12 mandados de busca e apreensão em endereços ligados aos investigados. As equipes policiais apreenderam armas de fogo, munições, máquina de recarga, insumos irregulares usados na fabricação de munições, uma granada e rolos de estopim detonante.  

Os indivíduos foram encaminhados ao sistema penitenciário.  

INVESTIGAÇÃO- De acordo com o delegado da PCPR Rafael Souza Pinto, a operação é decorrente de investigações que apuram o comércio ilegal de arma de fogo e produtos controlados.  

“As investigações tiveram início em junho de 2023 após a suspeita de que uma pessoa teria vendido um fuzil a indivíduos envolvidos com crimes. Para justificar a venda, teria registrado um boletim de ocorrência fraudulento comunicando o extravio da arma”, explica o delegado.  

No decorrer das diligências, os policiais civis identificaram uma organização criminosa ligada ao trespasse de armas legalizadas para a criminalidade.  

DENÚNCIAS- A PCPR solicita a colaboração da população com informações que auxiliem em investigações. As denúncias podem ser feitas de forma anônima, pelos números 197, da PCPR, ou 181, do Disque-Denúncia.

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: Polícia Civil de Paraná

Você pode gostar também de