PCPR e GM localizam criança desaparecida em menos de 24 horas após o registro do fato em Cascavel

A Polícia Civil do Paraná (PCPR), com apoio da Guarda Municipal (GM), localizou uma criança, de 10 anos, que estava desaparecida desde a tarde de segunda-feira (13), em Cascavel, na região Oeste do Estado. Ela foi encontrada nesta terça-feira (14), no mesmo município, em menos de 24 horas após o registro do fato.  

As diligências tiveram início a partir do registro do boletim de ocorrência realizado pelos familiares da criança. De acordo o delegado da PCPR Ian Leão, a equipe policial da delegacia em Cascavel passou a obter informações sobre as circunstâncias do desaparecimento através de oitivas de testemunhas e a coleta de imagens de câmeras de segurança.  

Além disso, foi solicitado apoio do Serviço de Investigação de Crianças Desaparecidas (Sicride) da Polícia Civil a fim de auxiliar no trabalho técnico. “Tivemos conhecimento deste desaparecimento e, a partir da confecção e divulgação do cartaz da criança, auxiliamos no andamento das investigações e localização do menor”, afirma a delegada da PCPR Patricia Nobre.  

Diante das informações repassadas, os policiais civis conseguiram traçar uma rota de deslocamento da criança e, com apoio da Guarda Municipal, o menor foi localizado em uma associação do município e encaminhado à delegacia acompanhado do Conselheiro Tutelar e dos responsáveis. 

“Em sede policial, foi realizada análise das circunstâncias em que o menor se apresentava, não sendo constatado nenhum sinal de violência. Pelo conselheiro tutelar não foi constatada qualquer situação de risco envolvendo a criança, razão pela qual esta foi liberada ao responsável legal”, explica Leão. 

COMUNICAÇÃO- A PCPR recomenda a comunicação imediata de desaparecimento de crianças. O registro do boletim de ocorrência na delegacia mais próxima deve ser o primeiro passo para o início da busca pela vítima.  

Informações sobre horário de desaparecimento, local e roupa utilizada pela criança são fundamentais para iniciar a investigação. Uma das primeiras ações dos policiais civis é divulgar a imagem da criança desaparecida. A divulgação de fotos e informações sobre crianças desaparecidas e as circunstâncias do desaparecimento são importantes no auxílio das investigações. 

PREVENÇÃO– Um fator fundamental para evitar o desaparecimento de crianças é a prevenção. Para isso, o Sicride promove palestras e a distribuição de materiais informativos alertando que, ao menor sinal de suspeita, a PCPR seja notificada. 

Com sede em Curitiba, o Sicride recebe os boletins de todas as cidades do Paraná sobre desaparecimento de crianças e também conta com o apoio de outras unidades quando necessário. Conforme estabelecido pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), o órgão atua em casos de pessoas com 0 a 12 anos de idade incompletos. A depender da situação, o Tático Integrado de Grupos de Repressão Especial (Tigre) da Polícia Civil, a Polícia Militar, o Corpo de Bombeiros e forças de segurança de outros estados, entre outras instituições parceiras, podem ser acionadas.

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: Polícia Civil de Paraná

Você pode gostar também de