Helicóptero do Exército da Guiana desaparece com militares de alta patente na fronteira com a Venezuela

Um helicóptero militar com sete pessoas a bordo desapareceu nesta 4ª feira (6/12) perto da fronteira da Guiana com a Venezuela. Segundo as autoridades, as condições meteorológicas na área eram ruins, e não há indicação de que o helicóptero possa ter sido atingido por fogo hostil, mesmo com a escalada de tensões entre os dois países.

Dois membros da tripulação do helicóptero estavam levando cinco oficiais superiores em uma inspeção das tropas que guardam uma área de fronteira reivindicada pela Venezuela, de acordo com o general Omar Khan, chefe do Exército.

Tropas venezuelanas com equipamentos pesados têm se concentrado na fronteira nas últimas semanas, levando a especulações sobre uma possível invasão iminente.

Khan informou aos repórteres que as Forças de Defesa da Guiana perderam contato com a aeronave Bell 412 EPI, que era nova, após ela decolar do assentamento de Olive Creek, no oeste da Guiana, após uma parada para reabastecimento.

Quando perguntado se a aeronave foi derrubada enquanto voava em uma área montanhosa e densamente arborizada, Khan disse que não há indicações de que isso tenha ocorrido.

“Não temos nenhuma informação sugerindo que houve algum voo de aeronaves venezuelanas naquela área”, disse ele. “Não quero entrar em especulações. Nossa prioridade é salvar as vidas de nossos oficiais e soldados”.

Ele afirmou ainda que o governo dos Estados Unidos ajudará na busca, que será retomada na 5ª feira (7.dez), com previsão de melhora nas condições climáticas.

Com informações da Associated Press

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: TBN


Você pode gostar também de