Filho de Randolfe Rodrigues nega as acusações, dá detalhes e diz que prisão foi para “atacar politicamente o meu pai” veja o vídeo

O filho do senador Randolfe Rodrigues (sem partido-AP), Gabriel Marti Cruz Rodrigues, de 28 anos, foi preso por desacato à autoridade e resistência neste sábado (7/10) em Macapá (AP). Após pagar fiança de R$ 3,9 mil, ele deixou a prisão e divulgou um vídeo em que conta a sua versão dos fatos.

“O que ficou claro para mim é que eles não foram lá [na Expofeira] para falar com mais um empresário, fiscalizar um empresário dentre tantos outros que tem na feira. Eles foram lá para falar com o filho do senador, para me ferir pessoalmente e atacar politicamente o meu pai”, argumentou Gabriel.

Segundo o relato à Polícia Civil, obtido pelo Metrópoles, de um policial militar envolvido na ocorrência, o filho do senador teria desacatado policiais que foram a uma boate dirigida por ele para cobrar o horário de fechamento. “Nenhum policial de merda vai fechar minha boate, vocês não sabem com quem estão falando… A farda de vocês não serve nem de pano de chão na casa do meu cachorro”, teria afirmado Gabriel Rodrigues.

O empresário, por sua vez, relatou que os policiais pediram para falar com “o filho do senador” assim que chegaram ao local. Ele teria questionado a suspensão da festa que organizava, uma vez que era 2h30 da manhã e o alvará permitia o funcionamento até as 4h.

“O policial disse: ‘O que vale é o meu horário e a festa está encerrada’. Desligaram as luzes, desligaram o som, o povo vaiou e quando eu vi tinha cerca de 30 policiais em cima de mim, me levando detido”, continuou Gabriel.

“Existe uma delegacia dentro da ExpoFeira e não me levaram para ela, me levaram para outra que fica há cerca de 15 quilômetros de lá e eu entendi no caminho”, conta. “Apertaram minha algema, usaram palavras absurdas dirigidas a mim, a minha família, ao meu pai, de conteúdo homofóbico. A major segurava a arma e dizia que era aquilo ali que eu merecia.”

🗣️ O filho do senador Randolfe Rodrigues (sem partido), Gabriel Marti Cruz Rodrigues, de 28 anos, foi preso por desacato à autoridade e desobediência, em Macapá, capital do Amapá. Em vídeo, o rapaz deu sua versão dos fatos

Leia: https://t.co/Y2eBopUUmnpic.twitter.com/nNj2N2Ourp

Gabriel negou ter dito as palavras atribuídas a ele, e ressaltou confiar no trabalho da Corregedoria da Polícia Militar. A defesa do filho do senador registrou um boletim de ocorrência contra os policiais, considerando que o procedimento foi ilegal, com abuso de autoridade, ameaça e agressão física.

Fonte: Metrópoles.

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: TBN


Você pode gostar também de