Subprocuradora se queixa de motoristas da PGR: “Pedi Uber”

A subprocuradora-geral da República Elizete Ramos expressou sua insatisfação com o serviço de motoristas da Procuradoria-Geral da República, durante uma sessão do Conselho Superior do Ministério Público Federal (CSMPF), nesta terça-feira (6). Na ocasião, ela afirmou ao procurador-geral Augusto Aras e a outros dos presentes que as falhas no serviço a obrigaram a pegar um Uber.

– O transporte na procuradoria não está funcionando. A primeira vez que eu perdi meu motorista por causa de férias, que foram dados três meses direto de férias para ele e tal. Eu não sei, eu não entendo bem como que a administração dá três meses de férias para um motorista e não reverte isso – declarou Ramos.

Ela prosseguiu dizendo que, nesta terça, precisou pedir um Uber mesmo tendo agendado um motorista da PGR.

– Eu sei que cada procurador, cada subprocurador hoje não tem mais motorista, então, a gente pede com antecedência, o motorista vem. Ontem, eu marquei para virem me buscar, às 8h30, em casa. O que acontece? 8h30 e nada. Eu liguei para o serviço de transporte, aí fui informada que eles estavam tentando ligar para mim, eu não sei em que telefone, porque o único telefone que eu tenho hoje é o celular, [para avisar] que não tinha motorista e único motorista que tem já está na rua. Aí, eu fiquei brava – queixou-se.

Ela concluiu chamando os contratempos de “dolorosa interrogação” e pedindo que seja tomada alguma providência.

– Cada vez que eu pedir um motorista, no dia seguinte vai ser uma dolorosa interrogação? Ele vai ou não? Eu vou ter que ligar pra cá? Eu vou ter que pegar Uber? Não pode ficar um motorista responsável? – questionou.

Augusto Aras lamentou o episódio e disse que há necessidade de motoristas oficiais por questões de “segurança, mais do que de conforto”. Ele sugeriu que seja aberto um concurso para novos motoristas, pois o corpo de servidores atuais já está em idade avançada e sem condições de saúde, tendo havido ainda muitas aposentadorias.

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: Pleno.News


Você pode gostar também de