PGR pede ao STF para abrir inquérito contra petista que agrediu colega na Câmara dos Deputados

O vice-procurador-geral da República, Hindemburgo Chateaubriand Filho, pediu, nesta quarta-feira, 3, ao Supremo Tribunal Federal (STF) a abertura de inquérito sobre o deputado federal Washington Quaquá (PT-RJ) e o episódio em que ele estapeou o colega Manoel Donato (Republicanos-ES). A agressão ocorreu durante a sessão de promulgação da reforma tributária, no plenário da Câmara dos Deputados.

O caso ocorreu em dezembro do ano passado e levou Donato a registrar uma ocorrência por suposto crime de injúria contra Quaquá, que, além de parlamentar, é o vice-presidente nacional do PT. O registro foi remetido ao STF. A Procuradoria-Geral da República (PGR) se manifestou sobre o caso. O relator do pedido é o ministro Cristiano Zanin.

No boletim de ocorrência, Donato sustentou que Quaquá “proferiu vários xingamentos à bancada dos deputados de direita”. Além disso, à polícia, o integrante do Republicanos afirmou que o petista “desferiu um forte tapa no lado direito de seu rosto, enquanto tentava pacificar a situação”.

+ Leia mais notícias de Política em Oeste

O deputado do Republicanos destacou ainda que havia feito um “procedimento” na parte do rosto onde sofreu o golpe, dois dias antes de levar o tapa de Quaquá.

PGR pede ao YouTube para preservar vídeo que registra agressão de petista

O vice-procurador pediu investigação do caso e solicitou ainda que o YouTube preserve o vídeo que registrou a agressão no plenário da Câmara. O representante da PGR afirmou que a preservação da gravação é necessária, “pelo risco de que pereça a qualquer momento”.

A medida deve ser efetivada pela Polícia Federal, “em conformidade com as normas e procedimentos aplicáveis à coleta de vestígios digitais”.

Chateaubriand Filho ainda pediu que Quaquá seja oficiado para que, caso queira, preste as informações que entender pertinentes sobre o caso em até 15 dias.

Revista Oeste, com informações da Agência Estado

Leia mais

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: Revista Oeste


Você pode gostar também de