Petistas vão até hospital onde Bolsonaro está internado para protestar a acabam passando vergonha

Duas manifestantes petistas foram até o Hospital Vila Nova Star, na zona sul de São Paulo, nesta segunda-feira (11/9) para pedir a prisão do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), que será internado para uma cirurgia para corrigir alças intestinais. As mulheres exibem cartazes que chamam Bolsonaro de “golpista” e dizem que “seu lugar é na cadeia”.

“O que será que o Brasil deu para a Arábia Saudita para receber tantos presentes? Isso tem que ser explicado”, diz Edva Aguilar, de 66 anos, ex-filiada ao PT.

“Bolsonaro é um miliciano, essa é a verdade”, diz Simone Rego, de 50 anos, que tem uma tatuagem com o rosto de Lula na perna e é filiada ao PT.

foto colorida mostra mulheres segurando cartazes contra Bolsonaro na porta do Hospital Vila Nova Star - Metropoles

Renan Porto/Metrópoles

Jair Bolsonaro deve ser operado nessa terça-feira (12/9). A expectativa é que, se tudo correr bem, ele ainda seja submetido a outras duas cirurgias: uma para correção de uma hérnia de hiato – que causa refluxo e episódios de soluços contínuos – e outra para tratar o desvio de septo.

Em agosto, o ex-presidente ficou internado no mesmo hospital para a realização dos exames pré-operatórios.

No último dia 6, o atentado à faca contra Bolsonaro completou cinco anos. Desde então, ele passou por quatro cirurgias para tratar de problemas em seu sistema digestivo.

Metrópoles

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: TBN


Você pode gostar também de