Partidos de ministros de Lula devem se aliar a Bolsonaro nas eleições de 2024

Os partidos dos ministros do presidente Luiz Inácio Lula da Silva devem se aliar ao ex-presidente Jair Bolsonaro em ao menos cinco capitais nas eleições municipais do ano que vem.

O número de alianças com Bolsonaro ainda pode aumentar, de acordo com o jornal Folha de S.Paulo. O Partido dos Trabalhadores (PT) e o Partido Liberal (PL) apostam nas eleições de 2024 como uma extensão da eleição presidencial de 2022. 

Os petistas tentam reverter a derrota histórica nas eleições de 2020, quando não conseguiram eleger prefeitos em nenhuma das capitais do Brasil. Além de reverter o cenário de 2020, os petistas querem controlar as administrações locais e se tornarem mais fortes para uma reeleição de Lula em 2026.

Base de Lula no Congresso  não deve se repetir nas eleições municipais

Embora o presidente Lula tenha construído uma grande base no Congresso, com partidos de centro do bloco do centrão, poucos desses partidos devem se aliar ao petista no nível municipal. 

Os partidos aliados de Lula em nível federal devem se aliar a Bolsonaro para a eleição das prefeituras de São Paulo, Salvador, Maceió, Florianópolis e Porto Alegre.

+ Leia mais notícias sobre Política em Oeste

O prefeito de Porto Alegre, Sebastião Melo (MDB), se aliou a Bolsonaro em 2020. Ele deve repetir o feito na eleição de 2024, ao lado de seu vice, que é do PL. O prefeito de Maceió, João Henrique Caldas, é filiado ao PL, e o vice deve ser do mesmo partido do ministro dos Esportes André Fufuca, o Partido Progressistas (PP).

Na cidade de São Paulo, Bolsonaro já disse que o atual prefeito, Ricardo Nunes (MDB), será seu candidato à reeleição. Dois ministros de Lula são do mesmo partido do prefeito da capital paulista.

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: Revista Oeste


Você pode gostar também de