Padre Kelmon é desligado da Igreja Ortodoxa do Peru no Brasil

O ex-presidenciável Padre Kelmon (PTB) foi desligado da Igreja Ortodoxa do Peru no Brasil. A informação foi divulgada pela instituição religiosa, na última sexta-feira (16).

A nota, que foi assinada na última quinta (15) e divulgada por meio das redes sociais, também trata do desligamento de outro religioso.

– Decidimos canceladar (sic) a Provisão 0025/21 conferida ao Pe.Kelmon Luis da Silva. Também informamos que decidimos desencardinar (sic) do clero o Pe.Kelmon Luis da Silva e também o Pe.Lucas Soares Chagas. Dessa forma, os mesmos ficam proibidos de ministrar os sacramentos e de falar em nome da Igreja Ortodoxa do Peru-Tradição canônica Síro Ortodoxa Malankara Indiana – diz a nota.

Segundo informações do UOL, após o desligamento, Padre Kelmon não poderá ministrar os sacramentos e não poderá falar em nome da Igreja Ortodoxa do Peru. O documento foi assinado por Mor Francisco Ángel Ernesto Móran Vidal, arcebispo metropolitano no Peru e autoridade máxima da Igreja Católica Apostólica Ortodoxa do Peru, e o Mons. Miguel, de nome civil Phellype Thiago Martins, vigário episcopal no Brasil.

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: Pleno.News


Você pode gostar também de