Pacheco gasta R$ 94 mil com seguranças em viagem aos EUA

O presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), gastou quase R$ 100 mil com dois seguranças que o acompanharam durante uma viagem particular que fez a Orlando, nos Estados Unidos, entre os dias 19 e 31 de julho, período de recesso parlamentar.

De acordo com dados registrados pelo Portal da Transparência do Senado, os dois seguranças receberam 13 diárias, que resultaram em um valor total de R$ 58,8 mil (R$ 29,4 mil para cada um). Além disso, os profissionais receberam, somados, passagens aéreas e seguro viagem no valor de R$ 35,8 mil. Ao todo, a despesa foi de R$ 94,6 mil.

Ao longo deste ano, Pacheco também esteve na cidade de Coimbra, em Portugal, no mês de abril, para visitas à Câmara Municipal e à universidade local. Das terras portuguesas, ele seguiu para o World Company Award, na cidade de Monte Carlo, em Mônaco.

Em junho, o senador retornou a Portugal para participar do Fórum Jurídico de Lisboa, evento promovido pela Universidade de Lisboa e pelo Instituto de Desenvolvimento e Pesquisa (IDP), entidade criada pelo ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal.

Questionado pelo colunista Lúcio Vaz, do site Gazeta do Povo, sobre as viagens, o presidente do Senado afirmou, por meio de nota, que viajou para Coimbra em visita oficial. Já sobre a escolta nos Estados Unidos, a assessoria de Pacheco disse que “as diárias são correspondentes ao cumprimento de segurança de autoridade”.

– As ações de proteção aos senadores estão previstas no inciso VIII do Art. 226 do Regulamento Administrativo do Senado Federal (RASF), anexo ao Ato da Comissão Diretora nº 2/2018 – justificou.

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: Pleno.News


Você pode gostar também de