Morre general Newton Cruz, ex-chefe do SNI no regime militar

Morreu nesta sexta-feira (15) o general Newton Cruz, que atuou como chefe da Agência Central do Serviço Nacional de Informações (SNI) durante o regime militar. Ele tinha 97 anos e faleceu de causas naturais, segundo informou sua família neste sábado (16).

O general estava internado no Hospital Central do Exército, em Benfica, na zona Norte do Rio de Janeiro. Seu velório está marcado para ocorrer neste domingo (17), no Crematório e Cemitério da Penitência, no Caju, zona portuária do Rio.

Newton Cruz foi apontado, em 2014, pela Comissão Nacional da Verdade, como um dos 377 militares que cometeram crimes durante o período militar. Ele foi acusado de ter ligação com a morte do jornalista Alexandre von Baumgarten, em outubro de 1982, enquanto comandava o SNI.

O militar sempre negou envolvimento com o caso. Ele chegou a ser indiciado pela Polícia Civil, mas foi absolvido em júri popular.

Ele concorreu ao governo do Rio de Janeiro pelo PSD no ano de 1994, terminando na terceira colocação, atrás de Marcello Alencar (PSDB) e Anthony Garotinho (PDT).


Fonte: Pleno.News


Você pode gostar também de