Lula suspende apresentação da versão final do plano de governo

A campanha do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) avalia que só deve apresentar a versão final do programa de governo do petista depois das eleições. Entre os motivos, está a ideia de que a falta de um documento definitivo pode ajudar Lula a atrair e negociar apoio no centro político, além de evitar dar munição ao presidente Jair Bolsonaro (PL) em relação ao apoio de pautas de costumes, como o aborto, por exemplo. As informações são da CNN.

Estava previsto que o documento com as diretrizes gerais de seu governo seria apresentado nesta quarta-feira (21). Os planos seriam definidos com base em diálogos setoriais e também sugestões de internautas enviadas por meio de uma plataforma. Embora as duas estratégias tenham sido colocadas em prática, o QG da campanha concluiu que apresentar um programa de antemão não será positivo para Lula.

Para eles, se o petista já tivesse um programa fechado, ele teria dificuldades de negociar apoio com outros espectros políticos. Os líderes da campanha também consideram que o presidente Jair Bolsonaro pode não somente atacar pontos polêmicos do plano de governo petista, mas também trazer contrapropostas.

Segundo Aloizio Mercadant, coordenador do programa de governo do petista e presidente da Fundação Perseu Abramo,“não há prazo” para que o programa de governo seja divulgado, mas pontuou que as principais propostas de Lula estão sendo lançadas no decorrer da sua campanha.

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: Pleno.News


Você pode gostar também de