Lira e os R$ 8 milhões destinados à Beija-Flor

Na primeira noite do Grupo Especial das escolas de samba do Rio de Janeiro, o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, participou do desfile. Lira atravessou a Marquês de Sapucaí ao lado de Anísio Abraão David, bicheiro e presidente da escola de samba Beija-Flor.

No sambódromo, Lira cumprimentou Anísio David, que já foi condenado na Justiça por fazer parte da cúpula do jogo do bicho no Rio de Janeiro. A Beija-Flor prestou homenagem à cidade de Maceió, capital de Alagoas, Estado de origem do chefe da Câmara.

+ Leia mais notícias de Política em Oeste

A prefeitura de Maceió, liderada por João Henrique Caldas (PL), pôs R$ 8 milhões nos cofres da escola de samba.

A prefeitura esclareceu que os recursos destinados à escola foram captados por meio de leis de incentivo e emendas parlamentares. Como se sabe, Arthur Lira é o mediador da liberação de emendas. 

+ Lindbergh Farias platina o cabelo e adere à tendência do ‘nevou’

“Hoje, sinto imenso orgulho de prestigiar Maceió brilhando na Sapucaí”, afirmou o presidente da Câmara, ao lado do contraventor Anísio Abraão e aliados políticos.

A Beija-Flor de Nilópolis foi a segunda escola a desfilar na noite de domingo 11. A agremiação homenageou Rás Gonguila, folião do carnaval de Maceió

Emendas parlamentares também foram destinadas para Beija-Flor

A última tensão entre o Executivo e o Legislativo envolveu o veto do presidente Lula ao cortar R$ 5,6 bilhões das emendas de comissão. Mesmo com o veto, o saldo em emendas será de R$4 7,5 bilhões.

Esse dinheiro é destinado aos redutos eleitorais de deputados e senadores, que agradam às bases para conseguir seguidas reeleições. 

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: Revista Oeste


Você pode gostar também de