Rodrigo Pacheco promete se posicionar rápido sobre cobranças por sabatina de André Mendonça

0

ANTONIO MOLINA/FOTOARENA/ESTADÃO CONTEÚDOPacheco prometeu se posicionar rapidamente sobre a situação de André Mendonça

O presidente do Senado Federal, Rodrigo Pacheco (DEM-RO), tem sido pressionado pelo Governo Bolsonaro e por um grupo de senadores para que a sabatina de André Mendonça, indicado pelo presidente ao Supremo Tribunal Federal (STF), ocorra logo na Casa. Ele prometeu se posicionar rapidamente sobre o assunto. “Tenham a absoluta convicção que esta presidência está buscando dar melhor e mais rápida forma possível à solução desse impasse, desta pendência que há em relação a essa indicação, e a outras indicações também, que haverão de ser oportunizadas às comissões e ao plenário do Senado o mais brevemente possível”, disse Pacheco. André Mendonça foi indicado há mais de três meses ao cargo vago no STF e, para ocupar a cadeira na Suprema Corte, precisa ser aprovado pelo Senado em sabatina, que, por sua vez, deve ser marcada pelo presidente da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Davi Alcolumbre (DEM-AP). Ele também vem sendo pressionado para pautar a indicação de Mendonça ao STF, mas na última quarta-feira, 13, reagiu, dizendo que não vai aceitar ser ameaçado, intimidade, perseguido ou chantageado com o aval de quem quer que seja.


Fonte: Jovem Pan


Comentários
Carregando...