Governo suspende crédito de R$ 15 bi ao RS para criar critérios

A liberação dos R$ 15 bilhões em crédito do Programa Emergencial para o Rio Grande do Sul será suspensa temporariamente pelo governo federal. A previsão era que o dinheiro seria transferido já nesta sexta-feira (21) pelo BNDES para os bancos parceiros.

Com quase dois meses desde o início das enchentes, os valores seriam repassados como empréstimo, para que empresas afetadas possam adquirir maquinas, financiar obras, usar como capital de giro emergencial ou contratar serviços.

O ministro da Secretaria Especial de Reconstrução do Rio Grande do Sul, Paulo Pimenta, confirmou a suspensão temporária, mas garantiu que o valor será o mesmo, apenas serão feitos ajustes no programa.

– São ajustes necessários para garantir a efetividade do programa. Um pequeno ajuste. Será uma questão de dias –afirmou Pimenta em entrevista ao jornal O Globo.

A expectativa é que o repasse dos R$ 15 bilhões seja feito já na próxima sexta (28). Até lá, o governo já terá alterado os critérios de elegibilidade para que empresas e produtores rurais possam solicitar o acesso ao crédito especial.

A ideia do governo é considerar os limites da mancha de inundação para o público habilitado a aderir ao programa. Antes, o programa era oferecido para todas empresas e produtores rurais que estão instalados em municípios com calamidade pública decretada.

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: Pleno.News


Você pode gostar também de