General sobe o tom depois de o governo cogitar reforma na Previdência dos militares

O general Fernando José Sant’ana Soares e Silva, ex-chefe do Estado Maior do Exército, afirmou que a reforma na Previdência dos militares é um “bom passo” para o governo “acabar com as Forças Armadas”.

“Acho que o assunto está sendo tratado sem a profundidade necessária, dados mentirosos e sem levar em consideração as características diferentes da profissão militar”, disse Silva, em entrevista ao site Poder360, publicada no sábado 22. “Se quiserem acabar com as Forças Armadas, um bom passo é essa reforma da Previdência.”

O militar está na reserva desde abril de 2024, depois de concluir o tempo de carreira previsto. A sua função foi assumida pelo general Richard Nunes.

Reforma na Previdência dos militares apoiada pelo governo

A reforma na Previdência dos militares está na mira da ministra do Planejamento, Simone Tebet.

Conforme Simone, os gastos com aposentados das Forças Armadas devem entrar no pacote de cortes de despesas do Executivo.

“Eu tenho coragem para colocar tudo”, disse Simone, em entrevista ao jornal O Globo. “Até porque o próprio Tribunal de Contas da União fez um alerta em relação à Previdência dos militares. O meu otimismo é porque tem um leque de possibilidades.”

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: Revista Oeste


Você pode gostar também de