Flávio Dino: “Forças Armadas nos aeroportos poderão fazer tudo”

O ministro da Justiça, Flávio Dino, comentou nesta quarta-feira (1º) o decreto do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) que autoriza uma operação de Garantia da Lei e da Ordem (GLO) nos portos de Santos (SP), Rio de Janeiro e Itaguaí (RJ); e aeroportos do Galeão e de Guarulhos.

Dino explicou que o decreto dá poderes para que as Forças Armadas atuem em todas as atividades, desde o policiamento até as revistas dentro dos portos e aeroportos.

– Forças Armadas que estarão em portos e aeroportos podem fazer tudo – declarou o ministro durante coletiva de imprensa, explicando o que aconteceria.

A medida permitirá que os militares atuem nestas regiões específicas até o restabelecimento da ordem, sendo que o documento tem validade até maio de 2024.

Outra explicação dada pelo ministro é que a GLO assinada por Lula só tem validade dentro das áreas federais.

– A GLO está focada naquilo que já é de responsabilidade federal. Não vamos substituir a atuação das polícias estaduais. Vamos apoiá-las – reforçou.

A Polícia Federal e a Marinha atuarão na Baía de Guanabara; cuidando da área de acesso do porto do Rio de Janeiro; na Baía de Sepetiba, que dá acesso ao porto de Itaguaí (RJ). Eles também atuarão no porto de Santos (SP); e no Lago de Itaipu (RJ).

Já nos aeroportos internacionais do Galeão e de Guarulhos, a Aeronáutica e a Polícia Federal atuarão conjuntamente.

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: Pleno.News


Você pode gostar também de