Bolsonaro relembra facada: “Atentado contra a democracia”

Nesta terça-feira (6), o presidente Jair Bolsonaro (PL) usou as redes sociais para voltar a falar sobre o atentado que sofreu em 2018, quando ainda era candidato à Presidência. Há exatos quatro anos ele levou uma facada que quase o levou à morte.

No Twitter, o chefe do Executivo disse que experimentou um milagre ao sobreviver. Ele destacou ainda que o episódio foi um atentado contra a democracia.

– Há exatos quatro anos, eu vivia um milagre em Juiz de Fora-MG. Uma tentativa de assassinato promovida por um militante de esquerda tentava me tirar das eleições. Um atentado não só contra mim, mas contra todos aqueles que acreditavam em mim. Um atentado contra a democracia – declarou.

Ele relembrou os momentos de dor e sofrimento e disse que, na época, pensava em sua filha, Laura, que ainda era pequena. Bolsonaro afirmou também que o apoio do povo brasileiro tem sido fundamental para permanecer de pé.

– Foram momentos de muita dor e sofrimento. Nos minutos de consciência, o que surgia na memória era a minha filha pequena. Mas graças às orações de milhões de brasileiros, ao incrível trabalho dos profissionais da Santa Casa e a vontade de Deus, fui presenteado com uma nova vida. Mesmo em meio a todo o caos, pude sentir o apoio de cada brasileiro. Desde então, esse apoio tem sido fundamental para permanecermos de pé e vencermos grandes desafios. Por isso, estarei sempre ao lado do povo. Só assim poderemos seguir construindo o futuro que sempre sonhamos – escreveu.

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: Pleno.News


Você pode gostar também de