Biden e Putin conversam por duas horas sobre a Ucrânia e outros temas

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e o presidente da Rússia, Vladimir Putin, tiveram uma conversa virtual de duas horas sobre a Ucrânia e outros temas nesta terça-feira, 7.

A conversa ocorreu em meio aos temores de que a Rússia esteja prestes a invadir a Ucrânia. Segundo a Casa Branca, Biden expressou “profundas preocupações” sobre a escalada de forças russas em torno do país vizinho.

O Kremlin, que antes da reunião disse não esperar nenhum avanço, disse que não tem intenções de atacar a Ucrânia e que o posicionamento dos soldados é puramente defensivo. Tropas russas estão na divisa com a nação vizinha.

Moscou expressa contrariedade crescente com a ajuda militar ocidental à Ucrânia, dizendo que se trata de uma ampliação sorrateira da aliança militar Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan).

“A Otan está empreendendo tentativas perigosas de usar o território ucraniano e desenvolve seu potencial militar em nossas fronteiras, e é por isso que a Rússia tem um interesse sério em garantias jurídicas seguras que descartem uma expansão da Otan no leste”, informou o Kremlin, em um comunicado.

A Rússia diz ter dúvidas sobre as intenções ucranianas e diz querer garantias de que a Ucrânia não usará a força para tentar retomar território perdido para separatistas apoiados pela Rússia, algo que o governo ucraniano descarta.

A conferência de hoje é a quinta conversa entre Putin e Biden desde que este último assumiu a Casa Branca.

Anteriormente, os dois líderes tiveram três ligações telefônicas e se encontraram pessoalmente em Genebra, na Suíça, em junho deste ano.


Fonte: Revista Oeste


Você pode gostar também de