Tarcísio deve ser candidato ao governo de SP, diz Bolsonaro

Tarcísio Gomes de Freitas, presidente da República ao governo de São Paulo em 2022. A indicação foi feita pelo próprio Bolsonaro, na quarta-feira 24, em entrevista à emissora ISTV, do Guarujá (SP).

O presidente comentava sobre sua ida para o Partido Liberal (PL), comandado por Valdemar Costa Neto. Um dos entraves que adiaram o acerto entre as duas partes foi o apoio dado pelo PL de São Paulo à pré-candidatura do vice-governador do Estado, Rodrigo Garcia (PSDB), do grupo político de João Doria (PSDB), adversário de Bolsonaro.

“Temos uma relação muito boa com o Valdemar. Não houve troca de acusações, apenas troca de ‘zap’. Faltava a gente acertar meia dúzia de Estados, entre eles São Paulo. Eu falei: ‘Valdemar, é o Estado com a maior densidade, temos que ter algo acertado. Eu tenho um possível candidato a governador por São Paulo. Se eu não acertar esse candidato, esse casamento não vai dar certo”, afirmou Bolsonaro.

Indagado, então, se o candidato seria Tarcísio, o presidente respondeu: “Parece que é ele. Parece que você acertou”.

Bolsonaro no PL

A filiação de Bolsonaro ao PL está marcada para o dia 30. Ontem, ao receber uma condecoração na Câmara dos Deputados, o presidente confirmou seu destino político. O anúncio da filiação havia sido feito no dia anterior pela própria legenda.

“Deu certo, deu certo, está tudo certo. Devo fazer a filiação no dia 30”, limitou-se a dizer Bolsonaro aos jornalistas.

O plano do presidente é construir um palanque forte no maior Estado do país. Além da provável candidatura de Tarcísio ao governo paulista, o ex-ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles é um dos nomes cotados para disputar o Senado.


Fonte: Revista Oeste


Você pode gostar também de