Governo do Rio Grande do Sul confirma 1ª morte por leptospirose

Um homem de 67 anos, residente do município de Travesseiro, no Vale do Taquari, morreu por leptospirose, doença comumente transmitida pela urina de ratos. Este é o primeiro óbito confirmado no Rio Grande do Sul depois das enchentes que atingiram o Estado.

A morte foi confirmada pela Secretaria Estadual da Saúde (SES) nesta segunda-feira, 20, depois do resultado positivo da amostra analisada pelo Laboratório Central do Estado (Lacen), em Porto Alegre.

Até o momento, foram identificados 304 casos suspeitos de leptospirose, com 19 confirmações. O monitoramento desses casos é realizado pelo Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs).

+ Leia mais notícias de Brasil em Oeste

Antes das enchentes, o Estado já havia registrado 129 casos e seis mortes até o dia 19 de abril de 2023. Ao todo, no ano passado, foram notificados 477 casos e 25 óbitos relacionados à leptospirose.

A doença é transmitida pelo contato com urina de animais infectados, principalmente ratos, com sintomas que incluem febre, dor de cabeça, fraqueza, dores musculares — especialmente nas panturrilhas — e calafrios. Eles surgem entre cinco e 14 dias depois da contaminação, podendo se manifestar até 30 dias depois.

Cuidados com a leptospirose

A SES recomenda que, ao apresentar sintomas, a pessoa deve buscar imediatamente um serviço de saúde e informar sobre qualquer exposição a áreas alagadas.

O tratamento da leptospirose é feito por meio de antibióticos e deve ser iniciado assim que houver suspeita da doença.

Enquanto casos leves podem ser tratados ambulatorialmente, os mais graves requerem internação hospitalar.

Para prevenir a leptospirose em locais afetados por enchentes, é recomendado desinfetar os ambientes com água sanitária e tomar medidas para controlar a presença de roedores, como armazenar alimentos em recipientes vedados e manter terrenos limpos.

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: Revista Oeste


Você pode gostar também de