Empresa inicia limpeza do aeroporto de Porto Alegre; fotos e vídeos

O Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, passou por um período de enchente que durou mais de um mês, afetando suas operações e infraestrutura. Neste fim de semana, Fraport Brasil, concessionária do terminal, realizou a retirada de nove das 47 aeronaves que ficaram presas pelo alagamento do aeroporto.

Depois do recuo das águas, a Fraport também deu início à limpeza para reabrir o terminal até o final do ano. A operação no aeroporto de Porto Alegre, que inclui a remoção da lama acumulada, já está em andamento.

+ Leia mais notícias de Brasil em Oeste

Funcionários estão efetuando a limpeza do aeroporto de Porto Alegre. A concessionária também tem realizado testes para avaliar os danos causados pelas enchentes na pista.

“Com a diminuição da água acumulada no sítio aeroportuário, foi iniciado o processo de limpeza da pista de pousos e decolagens”, informou a Fraport, em nota. “A limpeza consiste em uma ampla varredura em toda a extensão das pistas, taxiways e pátios de aeronaves para a retirada de entulhos e detritos.”

A Fraport, concessionária do Aeroporto Internacional Salgado Filho, em Porto Alegre, iniciou a limpeza do local. A empresa também realizará um levantamento dos danos causados pelas enchentes no terminal pic.twitter.com/cMBQbYsSHC

“Em paralelo, foram iniciados os testes e sondagens para avaliação da resistência do solo, desde a compactação até a pavimentação, para que tecnicamente seja possível afirmar os impactos causados pelo acúmulo de água durante as últimas semanas”, destacou.

A situação de enchente durou mais de 30 dias no aeroporto, afetando tanto a área externa quanto a interna do aeroporto, incluindo áreas de embarque, desembarque, esteiras de bagagem e lojas.

“Esse período de testes tem previsão de durar aproximadamente 45 dias, dependendo das condições climáticas. Estima-se que no início de julho seja possível detalhar as necessidades de intervenções na pista”, detalhou a concessionária.

Danos no aeroporto de Porto Alegre

Ainda segundo a Fraport, não é possível estimar o valor dos danos causados pela enchente no aeroporto de Porto Alegre. Mas reafirmou seu compromisso com a reabertura do terminal.

Depois de reunião com o governo federal na semana passada, a concessionária declarou que mantém “diálogo aberto com o governo federal e as autoridades relacionadas para que a recuperação ocorra da forma mais célere possível.”

“Em relação aos equipamentos afetados com a enchente, ainda não é possível detalhar o valor total dos danos e quais equipamentos precisarão ser substituídos ou reparados”, informou.

A empresa sinalizou que “desde que as águas começaram a baixar”, está em “contato permanente” com as seguradoras “para avaliação do cenário, recebendo vistorias recorrentes e realizando o inventário de todos os itens que foram impactados.”

“Estamos fazendo a nossa parte com diversas atividades já iniciadas. Se os impactos forem menores do que os previstos inicialmente, vamos torcer para que o aeroporto esteja disponível para o final do ano”, finalizou a Fraport, em nota.

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: Revista Oeste


Você pode gostar também de