Veja o momento que influencer da Paraíba preso suspeito de incentivar atos do 8/1 é solto após decisão do STF veja o vídeo

O influencer Rodrigo Lima, suspeito de incitar os atos do dia 8 de janeiro, foi solto após decisão do ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Alexandre de Moraes. A soltura foi determinada nesta sexta-feira (1).

O paraibano estava preso desde 17 de agosto, no âmbito da Operação Lesa Pátria, após ter a prisão preventiva mantida após audiência de custódia.

A post shared by Thais Arêas Muquici (@dra.thais_areas_muquici)

“Até o momento não foram apresentados outros elementos a indicar que sua conduta padece de maior gravidade. Assim, a eficácia da medida extrema já se demonstrou suficiente, podendo ser eficazmente substituída por medidas alternativas”, decide o ministro, conforme decisão a que o g1 teve acesso.

Rodrigo Lima deve cumprir medidas cautelares para continuar em liberdade, dentre elas não usar as redes sociais. Ele também terá que usar tornozeleira eletrônica, não poderá sair de casa à noite e não poderá se comunicar com outros investigados. O influencer também terá que se apresentar semanalmente à comarca, todas as segundas-feiras, e não poderá se ausentar do país e terá que entregar o passaporte.

O advogado do influencer comemorou a decisão e disse que a medida foi tomada dois dias após ele ter denunciado o ministro Alexandre de Moraes ao Conselho Nacional de Justiça (CNJ). Segundo a defesa, Alexandre de Moraes não reavaliou a prisão no prazo de 90 dias, como manda a lei, e nem concedeu vistas do processo à defesa.

G1

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: TBN


Você pode gostar também de