Concessão das linhas 11, 12 e 13 de trens metropolitanos vai ter investimento de R$ 12 bilhões

O Programa de Parcerias de Investimentos do Estado de São Paulo (PPI-SP) anunciou um investimento de aproximadamente R$ 12,5 bilhões para a concessão das linhas 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade da CPTM. As audiências públicas para discutir o projeto ocorrerão nos dias 19, 20 e 21 nas cidades de São Paulo, Guarulhos e Mogi das Cruzes, respectivamente.

+ Leia mais notícias de Economia em Oeste

O plano prevê a construção de dez novas estações, distribuídas pelas três linhas da CPTM. A Linha 13-Jade será estendida até o bairro de Bonsucesso, em Guarulhos, com quatro estações intermediárias entre o aeroporto internacional e o bairro. No sentido centro, a linha será ampliada do Parque Ecológico do Tietê até a Estação Gabriela Mistral, que será conectada à Linha 2-Verde do Metrô.

A expansão das linhas da CPTM

“Vamos conectar uma das regiões mais populosas de Guarulhos até a Avenida Paulista, no centro de São Paulo, e ao Metrô, o que é um benefício muito importante para toda a região metropolitana”, destacou André Isper Rodrigues Barnabé, secretário-executivo da Secretaria de Parcerias em Investimentos.

A Linha 11-Coral incluirá quatro novas estações: César de Souza, Lajeado, Penha e Bom Retiro. Já a Linha 12-Safira terá uma nova estação, Cangaíba. Além disso, a infraestrutura será ampliada, o que reduz o intervalo entre trens.

Redução nos intervalos entre trens

“A linha 12, que opera com cerca de sete minutos e meio, vai passar a operar com três minutos e meio, ou seja, metade do tempo”, detalhou o secretário-executivo. “E a linha 13, que contempla tanto o Expresso Aeroporto quanto o serviço regular, também terá redução.”

Além das novas estações, haverá modernização das existentes, reconstruções e investimentos em viadutos e passarelas, de maneira a eliminar cruzamentos ferroviários. Também está prevista a modernização de todos os sistemas das linhas.

Consulta pública e participação da população

A consulta pública sobre o projeto de parceria público-privada (PPP) das linhas 11-Coral, 12-Safira e 13-Jade, denominado Lote Alto Tietê, vai até o dia 18 de julho. As contribuições devem ser feitas por escrito, seguindo o formulário-modelo disponível no anexo do regulamento da consulta, que está no site da Secretaria de Parcerias em Investimentos.

As audiências públicas ocorrerão presencialmente com transmissão pela internet. Em São Paulo, será na quarta-feira 19, às 9h, na sede do DER; em Guarulhos, na quinta-feira 20, às 9h30, na sede da OAB; e em Mogi das Cruzes, na sexta-feira 21, às 9h30, no auditório da OAB-Mogi das Cruzes.

Como participar das audiências públicas

Para assistir às audiências públicas, não é necessária inscrição prévia. Os interessados em fazer manifestação oral poderão se inscrever por meio de formulário on-line até o dia 18, ou presencialmente, no momento indicado da sessão.

A transmissão das audiências será pelo canal oficial do governo de São Paulo no YouTube. O regulamento, as formas de participação e outras informações relevantes ao processo serão disponibilizados no site da Secretaria de Parcerias em Investimentos na página “Participação Social“.

Leia também:

Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: Revista Oeste


Você pode gostar também de