Com produção para mais de 1 MILHÃO de metros cúbicos de gás natural diários, Irmãos Batista da gigante JBS expandem negócios com MEGA aquisição de petrolífera boliviana!

Wesley e Joesley Batista, controladores da gigante JBS, estão ampliando sua atuação no setor energético com a compra da Pluspetrol Bolivia. A aquisição, realizada por meio da Fluxus, empresa de petróleo e gás dos irmãos, inclui três campos de gás natural na bacia de Tarija-Chaco, na Bolívia. Esta estratégia marca uma nova fase de expansão para a família Batista, que já possui investimentos significativos em energia através da Âmbar, de acordo com suno.

A compra da Pluspetrol Bolivia inclui os campos de Tacobo, Tajibo e Yacuiba, que atualmente produzem cerca de 100 mil metros cúbicos de gás natural por dia. Com potencial para aumentar essa produção para mais de 1 milhão de metros cúbicos diários, assim, a aquisição representa uma grande oportunidade para a Fluxus. Portanto, além das reservas de gás, os ativos incluem duas plantas de tratamento de gás e capacidade para transportar a produção para os mercados boliviano, brasileiro e argentino. Segundo comunicado da Fluxus, a transação fortalece a presença da empresa na América Latina.

O Grupo J&F, que controla a JBS, adquiriu a Fluxus em dezembro do ano passado. Desde então, os fundadores da Fluxus, Ricardo Savini, Jorge Lorenzón e Vitor Abreu, permaneceram em cargos executivos, contribuindo para a expansão da empresa. A aquisição da Pluspetrol Bolivia é um passo estratégico para a Fluxus, que busca estabelecer uma presença sólida no mercado de petróleo e gás da América Latina. A empresa está finalizando os preparativos para operar o campo Centenario em Neuquén, Argentina, onde se espera uma produção de 1,3 milhão de metros cúbicos de gás natural e 1.365 barris de petróleo diariamente.

Recentemente, Joesley e Wesley Batista se encontraram com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Palácio do Planalto. Esse encontro, o primeiro desde 2017 após o acordo de delação premiada dos irmãos na Operação Lava Jato, ocorreu durante uma reunião com associações da indústria de carne para discutir doações para famílias afetadas por desastres climáticos no Rio Grande do Sul. A retomada de contato com o governo federal pode indicar novas parcerias e oportunidades de expansão para a JBS e outras empresas do Grupo J&F.

As ações da JBS (JBSS3) destacaram-se no Ibovespa em maio, com uma alta de 23,04%. Esse desempenho positivo reflete a confiança dos investidores na empresa, impulsionada por resultados financeiros sólidos e pela estratégia de desalavancagem. O crescimento da JBS no setor de energia, através da Âmbar e agora da Fluxus, demonstra a diversificação dos negócios dos irmãos Batista e sua capacidade de adaptação a novos mercados.

Portanto, a aquisição da Pluspetrol Bolivia pela Fluxus é mais um movimento estratégico dos irmãos Batista para expandir seus negócios no setor energético da América Latina. No entanto, com investimentos robustos e uma visão clara de crescimento, a JBS e suas empresas associadas continuam a se destacar no mercado global. Fique atento para novas oportunidades e desenvolvimentos à medida que a Fluxus fortalece sua posição como uma das principais empresas de petróleo e gás da região.


Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: Click Petróleo e Gás


Você pode gostar também de