Temor de nova variante derruba preço do petróleo no mercado global

Plataforma de petróleo da Petrobras Foto: Agência Petrobras

A nova variante do coronavírus, detectada na África do Sul, está gerando um movimento defensivo generalizado diante do temor de que as vacinas sejam insuficientes para conter a doença, levando a novas restrições globais e atrapalhando a retomada econômica.

A preocupação disparou os mercados globais. O petróleo caiu mais de 6% em Nova Iorque, abaixo de US$ 74 o barril, e o minério de ferro fechou em baixa de 5,55% na China, cotado a US$ 96,67, na manhã desta sexta-feira (26). Esta é a maior queda desde julho.

O surgimento da nova cepa representa a maior ameaça à recuperação do consumo de óleo por vários meses. De acordo com um analista, trata-se de uma reação exagerada.

– Esta é uma reação exagerada. enorme em termos de mercado. Este é o preço de mercado nos piores cenários possíveis – disse Amrita Sen, analista-chefe de petróleo da consultora Energy Aspects Ltd., em entrevista à Bloomberg.

Ainda que não se saiba o potencial de contágio da variante descoberta na África do Sul, os temores estão relacionados em boa parte aos riscos de redução da eficácia das vacinas contra a Covid-19 e até mesmo dos medicamentos que estão sendo desenvolvidos pelas farmacêuticas no mundo. Nesse ambiente, surgem mais dúvidas quanto ao ritmo de recuperação das economias e aos próximos passos das políticas monetárias dos países desenvolvidos.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) convocou uma reunião emergencial com especialistas nesta sexta-feira (26) para discutir as reais ameaças da nova variante detectada na África do Sul, a B.1.1.529. A nova cepa possui um “número extremamente alto” de mutações. Será debatido se a nova linhagem do vírus será considerada “variante de preocupação”.

*Com informações da AE e Bloomberg


Fonte: Pleno.News


Você pode gostar também de