Black Friday: 5 dicas para fugir das fraudes na internet

A Black Friday deste ano tem tudo para ser a melhor de todos os tempos. Nas próximas horas, o comércio eletrônico estima que serão movimentados cerca de R$ 6,4 bilhões pelos consumidores brasileiros. Isso representa um aumento de 25% no faturamento sobre o mesmo período do ano passado.

Entre os itens mais buscados pelos brasileiros no Google nesta última semana estão tênis, perfumes, fraldas e monitores.

No entanto, o impulso provocado pelas ofertas de “última hora”, o “compre agora”, “últimas unidades”, entre outras, devem ser vistos com atenção, principalmente, para evitar fraudes.

“É uma oportunidade para conseguir um produto de alto valor agregado com um desconto razoável. Porém, é preciso desconfiar das promoções e das ofertas tentadoras. Só assim para evitar cair em golpes”, alertou o advogado especialista em direito do consumidor, Sergio Tannuri.

Confira as principais dicas para fugir das fraudes na Black Friday

“Conhecer o histórico do fornecedor é um ótimo plano para definir onde você realizará sua compra”, alertou Tannuri.

“Algumas lojas mal intencionadas prometem ofertas milagrosas condicionadas ao pagamento somente à vista. Se ocorrer fraude ou o produto não for entregue, será bem mais difícil cancelar a operação e reaver o dinheiro”, acrescentou Tannuri.

Outra orientação importante é sempre desconfiar de descontos além do comum, com preços muitos baixos. “Esse recurso, às vezes, é usado por sites falsos para atrair o consumidor pela promessa milagrosa de desconto. Fique atento”, concluiu Tannuri.


Fonte: Revista Oeste


Você pode gostar também de