Firjan Senai procura estudantes de todas as áreas de cursos técnicos e universitários para vagas de estágio remunerado com chances de contratação

Estudantes de diferentes áreas têm a chance de participar do Programa de Estágio da Firjan Senai, que oferece vagas para alunos de cursos técnicos e universitários. As inscrições estão abertas até o dia 9 de junho, e o estágio tem uma duração que varia de seis meses a dois anos, com uma carga horária diária de quatro a seis horas. Os benefícios incluem bolsa-auxílio, auxílio-alimentação, auxílio-transporte, seguro de vida e recesso remunerado.

Tanto estudantes de cursos técnicos, incluindo mais de 20 cursos da Firjan SENAI, quanto universitários, podem se inscrever no Programa de Estágio.

Abrange áreas como Competitividade, Comunicação, Desenvolvimento e Inovação, Educação, Gestão de Pessoas, Integridade Corporativa, Jurídico, Negócios, Petróleo, Gás e Naval, Planejamento e Finanças, Planejamento Estratégico, Relacionamento, Relações Institucionais, Saúde e Segurança do Trabalho, Suprimentos e Serviços, Tecnologia da Informação e Tecnologia e Inovação.

Cintia Miranda, gerente de Performance, Governança e Experiência da Firjan, destaca: “O Programa de Estágio da Firjan Senai contribui na formação de novas gerações de profissionais e ajuda a criar e manter um ambiente de renovação, de oxigenação permanente para a Firjan e para as empresas, que posteriormente aproveitam nossos estagiários.”

O programa de estágio do Senai, que terá início em agosto, visa proporcionar aos estudantes a oportunidade de complementar sua formação acadêmica por meio de experiências profissionais e ações de desenvolvimento que promovam o aperfeiçoamento técnico, cultural e de relacionamento humano.

Luiz Alexandre Cortat, de 27 anos, foi efetivado em outubro do ano passado como assistente de Recursos Humanos na Gerência de Desenvolvimento Humano e Organizacional. Ele começou como estagiário na Biblioteca da Firjan e destaca: “Estagiar na Firjan Senai foi uma experiência incrível, que se concretizou com a minha efetivação. Ainda tive a chance de fazer uma transição de carreira. Me desenvolver durante o estágio e seguir evoluindo na empresa é uma oportunidade única. Desejo que todos possam viver essa experiência.”

O processo de seleção inclui a inscrição on-line no site da Firjan Senai, seguida por entrevistas individuais, resolução de cases, conversa de alinhamento e um painel final.

Para um acompanhamento mais próximo do estagiário, o programa prevê uma trilha de desenvolvimento, ou seja, momentos de capacitação sobre as temáticas mais atuais para o profissional.

Além disso, a Firjan Senai oferece a roteirização de eventos que abordam fatores técnicos da formação acadêmica universitária ou da escola técnica, um canal de comunicação para discussões e sugestões e, até mesmo, rodas de diálogo com executivos da federação.

Cintia Miranda destaca que o estágio é totalmente prático, envolvendo os jovens em todas as tarefas. “Os estagiários do Senai têm a oportunidade de vivenciar o dia a dia da profissão, por meio de experiências práticas, participando ativamente da rotina, dos processos e dos projetos da empresa”, acrescenta.

Para se inscrever no Programa de Estágio da Firjan, os interessados devem acessar o site oficial da Firjan e preencher o formulário de inscrição online até o dia 9 de junho. O processo seletivo inclui várias etapas, como entrevistas individuais, resolução de cases, conversa de alinhamento e um painel final. É importante que os candidatos estejam cursando ensino técnico ou superior e tenham disponibilidade para cumprir a carga horária diária de quatro a seis horas. O estágio oferece uma excelente oportunidade de desenvolvimento profissional, com diversos benefícios, como bolsa-auxílio, auxílio-alimentação, auxílio-transporte, seguro de vida e recesso remunerado.


Ajude a manter online o Litoral Hoje fazendo uma pequena doação por PIX. Utilize a chave PIX CNPJ 45.315.952/0001-32. Ou deposite na conta: Banco Original – 212 – Agência 0001 – Conta 7296983-0. Agradecemos a sua colaboração.

Fonte: Click Petróleo e Gás


Você pode gostar também de